Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Eu e um cão

por Nuno Costa Santos, em 11.04.18

Fui no outro dia a uma farmácia à noite. Ao entrar e aproximar-me do balcão, senti que estava a ser olhado. Era um cão com um ar sério, direi quase triste, sentado junto às pernas dos donos, que conversavam em modo animado com o farmacêutico sobre um assunto que não captei. A dada altura pareceu-me que o assunto nada tinha a ver com medicamentos ou com saúde. Eles falavam, falavam de algo exterior à farmácia, gesticulavam, apontavam lá para fora. Mais ou menos assim. Os senhores a discutir o aprofundamento da Zona Euro. Eu e um cão, espreitando-nos, curiosos, um pouco desconfiados, à espera de aviar as receitas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:20

Faces and names

por Nuno Costa Santos, em 29.03.18

Em matéria de memória damos demasiada importância aos nomes. Muitas vezes estamos a ver a cara deste e daquele e não nos lembramos do nome das pessoas. E ficamos aflitos. E pensamos em tomar cinco frascos de gingko biloba. Pode ser uma forma de me proteger contra o cansaço da memória mas começo a considerar sobrevalorizada a história dos nomes, sobretudo daquelas pessoas que são apenas conhecidas e das figuras públicas das quais nunca mais ouvimos falar. O que vale um nome - José, Rigoberto, Carla ou Armandina - ao pé de um rosto? O rosto de uma pessoa, mais difícil de esquecer, é sempre uma história e traz consigo o mais importante dela. Em cada traço está um capítulo - as glórias e os fiascos, as virtudes e as patifarias, o viço e a fadiga. Os nomes são apenas os títulos dessa história. E demasiadas vezes podiam ser muito melhor escolhidos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:47

Salão

por Nuno Costa Santos, em 29.03.18

Conheço um café onde param muitos taxistas (à porta estão estacionados os carros), onde os taxistas trocam bocas sobre a vida deste e daquele e comentam a actualidade sem passar os olhos pelo Correio da Manhã (está lá mas nunca vi ninguém lê-lo), onde fazem trocadilhos com Benidorm (“Bebe e dorme”), onde mandam abaixo copos de aguardente pela matina, à tarde e à noite e são metidos na ordem sem alarde (são muitos anos) pelo dono do espaço quando arriscam no palavreado. Pergunto: em que salão de chá se reúne a malta da Uber?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:46

Eu e um cão

por Nuno Costa Santos, em 06.03.18

Fui no outro dia a uma farmácia à noite. Ao entrar e aproximar-me do balcão, senti que estava a ser olhado. Era um cão com um ar sério, direi quase triste, sentado junto às pernas dos donos, que conversavam em modo animado com o farmacêutico sobre um assunto que não captei. A dada altura pareceu-me que o assunto nada tinha a ver com medicamentos ou com saúde. Eles falavam, falavam de algo exterior à farmácia, gesticulavam, apontavam lá para fora. Mais ou menos assim. Os senhores a discutir o aprofundamento da Zona Euro. Eu e um cão, espreitando-nos, curiosos, um pouco desconfiados, à espera de aviar as receitas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:57

Bitoque

por Nuno Costa Santos, em 28.02.18

Hoje, quando fui buscar o portátil que estava avariado, passei por um café ali para o lado das Olaias. Do nada, quando bebia a bica, a dona do café virou-se para mim e disse: "Deus que nos dê saúde e um bitoque para a mesa". Achei perfeita a formulação. Agradeci e fui-me embora com o troco e a frase arrumada na carteira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:58

Meteorologia

por Nuno Costa Santos, em 28.02.18

Antigamente a meteorologia era interessante. Enganava-se, tinha angústias, roía as unhas, sofria de insónias. Às vezes acertava, outras vezes estatelava-se ao comprido. E a gente aceitava tudo porque era assim que as coisas funcionavam. Agora, tudo o que se prevê, realiza-se. Uma chatice, Anda aí a chuva anunciada e vai durar a semana toda. Acabou-se o mistério. Uma pena. Saudades da meteorologia com dúvidas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:57

Na pistas

por Nuno Costa Santos, em 22.01.14

 O melancómico, personagem desaparecido há um tempo, voltou a ser avistado a dar um pé de dança nas praças da urbe. Mas vamos aguardar para saber quais os motivos para este regresso às pistas.

 

.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:18


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D