Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ter um fraquinho

por Nuno Costa Santos, em 10.02.14

Gosto da expressão "ter um fraquinho", talvez em vias de extinção. O Mateus tem um fraquinho pela Sónia. A Rita tem um fraquinho pelo Tó. O Júlio tem um fraquinho pela Ana Maria. A Ana Maria não sabe disso. Que coisa bonita, essa de ter um fraquinho. Que expressão liceal. Inocente. Daqueles que se comentavam nas corredores das escolas e que começavam quase sempre por "acho". Acho que a Mariana tem um fraquinho pelo André. 

"Ter um fraquinho" é um sentimento que ainda não se consegue definir. Pode ser o início de um sentimento mais forte mas pode também nunca crescer. Ainda não se sabe o que é. Se fosse um "fortinho" já não teria tanta graça. 

Muitos adultos, apesar de não o assumirem, tem fraquinhos. Mesmo que mantenham um relacionamento de anos. Um fraquinho que só se confessa aos melhores amigos. Ou que cala para sempre, até ao último suspiro. O português suave que habita em muitos de nós é tão dado ao fado como é um pinga-amorzinho. Tem fraquinhos em cada encontro. Fraquinhos à primeira vista. Ou fraquinhos que durante anos e nunca são consumados ou confidenciados.

Os jornais de hoje falam de um relacionamento entre Obama e a Beyoncé. Se calhar os dois apenas têm um fraquinho um pelo outro. Que deve ser respeitado. O fraquinho é tão puro e inofensivo que não deve vir em manchetes. Não chega a ser um perfume. É o indício de um perfume. Uma flor que se ergue e que pode nunca ser oferecida. Um olhar que se desvia por timidez. Tem a ver com os primeiros amores mas pode acontecer na saleta de um lar da terceira idade. 

Não é um aperto no peito, apenas faz comichão. É o seu lado inconsequente que o torna tão digno de ternura. Não é uma paixão. Não motiva dramas amorosos de faca e alguidar. É uma paixoneta, uma inclinação misteriosa. Levezinha. Não se sabe de onde vem. Não se sabe para onde vai. E é tão mais bonito quanto mais secreto for.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 19:06


11 comentários

De Maria B. a 13.02.2014 às 12:44

Tão bonito! Gostei de ler, e é tão verdade o que diz! Penso que é uma coisa que por vezes nos acontece, mas que nem sempre queremos ou podemos admitir. Eu falo por mim...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D