Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Perdidos e Achados

por Nuno Costa Santos, em 26.10.15
1. Ontem passei pela zona de Perdidos e Achados do aeroporto. E pensei: nunca vi gente tão triste. A tristeza dos Perdidos e Achados era o olhar extraviado de homens e mulheres, sozinhos na noite do aeroporto (em si uma casa de melancolia). O que teriam perdido? Malas, provavelmente. Mas pareciam ter perdido pessoas e corações. Era um Perdidos e Achados sentimental. Foi o que me pareceu enquanto caminhava, com outros comparsas de voo, para a prosaica salvação dos lavabos.

2. Há algo que ofende: porque é que quando tiramos o carro de um determinado lugar há sempre um condutor que chega logo a seguir com a sua viatura e estaciona nesse mesmo lugar? Com frequência há imensos lugares mas ele quer ficar com o nosso, ainda quentinho da respiração do nosso amado automóvel.
 
Mais aqui.
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:18



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D