Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Verdadeiro Artista

por Nuno Costa Santos, em 09.03.15

Comecei hoje o dia com uma atitude que me fez lembrar Pedro Passos Coelho: a pagar a segurança social. De cada vez que teclava um número recordava o seu rosto blindado, a sua voz sem quebras, o seu coração de barítono. Temos de ser uns para os outros: se o primeiro-ministro é capaz de viver cinco anos sem pagar segurança social, há quem tenha de se chegar à frente. Foi o que fiz, em nome da saúde financeira da Nação.


Lembrei-me, na altura em que digitava o valor de 248,18 euros (presente recente do ministro Mota Soares), da exigência recente que a Faculdade de Letras de Lisboa, onde cometo a insensatez de cumprir um curso, me fez: obrigar-me a ter a segurança social em dia se quero usufruir do estatuto de trabalhador-estudante. Não basta a apresentação de recibos verdes a provar que ando a fazer pela vida nos mais variados planetas. É preciso o carimbo a provar que está tudo limpinho na folha de contribuições. Se me faltar o pagamento de um mesito (porque ando em apuros para garantir o leite meio gordo) não tenho o direito de trabalhar e estudar.

Mais aqui.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:28



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D