Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O essencial

por Nuno Costa Santos, em 26.11.15

Na manhã do dia a seguir aos atentados terroristas em Paris, consultei o YouTube para mostrar ao meu filho Luís o teledisco de Holiday, a conhecida canção de Madonna. Em momento de noticiário trágico, dei por mim a revelar-lhe um instante em que a cantora celebra a vida dançando ao som de um ritmo ao qual é impossível ficar indiferente. Mal sabia eu que a própria, passadas umas horas, iria chorar os mortos num concerto dado em Estocolmo e cantar com o público Like a Prayer, 26 anos depois de o tema ser lançado.

Madonna esteve para cancelar o concerto, mas resolveu dá-lo à conta de um argumento decisivo: "Eles querem calar-nos, querem silenciar-nos e nós não vamos deixar!" A autora de Like a Virgin é o oposto daqueles que atiraram para matar em nome do fanatismo. Enquanto estes se baseiam no preconceito, Madonna Louise Ciccone tem vivido contra a intolerância, conseguindo afirmar-se sem medo em territórios do mais evidente puritanismo.

 

Mais aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:35



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D