Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Meio Portugal

por Nuno Costa Santos, em 20.07.15

Quando alguém, a propósito de um acontecimento cultural lisboeta, me diz que "meia Lisboa estava lá" saco logo de uma pistola (de plástico mas ainda assim uma pistola). É frequente também ouvir a frase: "Lisboa inteira estava lá." Mas de que Lisboa se está a falar? Da Lisboa das senhoritas e dos cavalheiros que a pessoa que diz que "Lisboa inteira estava lá" conhece? Temo que sim. É aborrecido.

O drama estende-se pelo território. Por mais que um suposto "meio cultural" assim pense, o Porto, Guimarães, Loulé e o Funchal não se esgotam num agrupamento uniforme de pessoas "muito esclarecidas" com gostos semelhantes, com consensos à porta das salas e os mesmos consensos à saída – e não há nada mais supremamente irritante do que unanimismos em relação a gestos artísticos. Sentenças em geral ditadas pelos mestres do comité de aprovação e desaprovação dos assuntos do espírito e depois repetidas nos corredores. Lamentamos. A festa abriu-se a mais convivas.

O resto aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:20



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D