Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Marcelo

por Nuno Costa Santos, em 23.02.14

 

 

 

É difícil acreditar que, apesar da justificação afectiva para ir ao Coliseu, uma mente tão danada como a de Marcelo Rebelo de Sousa não tenha desenhado e previsto o que iria dizer no congresso do PSD e como o iria dizer. E que não tenha antecipado a acesa reacção dos congressistas. 


Topei o número de longe, durante um jantar, e percebi que o registo entre a narração da pequena história da fundação social-democrata, a stand-up comedy e a frontalidade de manter a discordância em relação à insensibilidade social do actual governo Passos iriam deixar uma marca. 

O motivo veio da pasta do inesperado. Num determinado sentido aproximou-se do argumento que Cavaco usou para ir à Figueira: estava a fazer a rodagem da viatura. Ao contrário de Aníbal, Marcelo, figura de rasgos, é homem para rodagens de inspiração. Mas nele a estratégica, sempre com uma componente lúdica, não é apenas um objecto de análise dominical. A presidência da República parece mesmo ser um trono apetecido.


Nunca fui aluno de Marcelo mas cruzei-me com a sua esquiva e brilhante figura na aridez da Faculdade de Direito de Lisboa. Um dia fomos - eu e o Alexandre Mestre, ex-secretário de Estado do Desporto - ter com ele com a ideia de lhe fazermos uma entrevista para um jornal da associação académica. Antes da conversa, achou-nos desorganizados. Fazendo uso dos braços com que se explica nos comentários, alinhou-nos à sua frente como quisesse ensinar alguma disciplina a uns rapazinhos na casa dos vinte. 

É essa faceta de Marcelo, menos conhecida, que poderá ser importante para a felicidade de uma eventual candidatura. Sim, falta saber se, caso avance, os portugueses vão querer alguém que com a idade foi deixando de ser tão imprevisível mas ainda mantém um espírito travesso pouco sedutor para um povo no geral desconfiado de tudo que não lhe pareça "sério" e "seguro".

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 13:26



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D