Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Homo saldus

por Nuno Costa Santos, em 12.01.16

No outro dia vivi uma jihad privada: a jihad dos saldos. Aconteceu no parque de estacionamento do centro comercial Colombo, esse território ocupado. Havia fila de automóveis. Cada um dos automobilistas, salivando por varrer as lojas dos produtos em exposição, perseguia um recanto para arrumar a carripana. Era um deles.

Quando finalmente consegui estacionar fui mandado sair por uma família aos gritos – eu que também estava com a família dentro do carro. Que eles estavam há mais tempo à espera, que eu não podia entrar por aquele lado, que isto e aquilo. Era uma mulher que gritava, secundada pelos seus filhos em início de adolescência. Quanto ouvi a excitada gritaria decidi que iria permanecer. Quanto mais me chegavam os berros mais certeza ganhava de que tinha de ali ficar. Quem sabe para sempre.

O resto aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:25



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D