Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fire

por Nuno Costa Santos, em 04.05.16

“Fire”. Claudio Ranieri recorreu a esta música dos Kasabian, banda de Leicester, para empolgar a sua equipa antes do jogo com o Sunderland, o primeiro da época. Ranieri queria que os jogadores se sentissem guerreiros – e que os adeptos os vissem como guerreiros. O jogo acabou por ficar 4-2 a favor do Leicester e o treinador fez a revelação. Os elementos da banda, que tem temazaços como “Club Foot” e “L.S.F”, estavam em tournée na Bulgária e fizeram tudo para arranjar um sítio onde pudessem espreitar a partida – e conseguiram-no.


Sergio Pizzorno, guitarrista, disse que essa revelação do treinador do Leicester soube melhor do que todos os prémios que os Kasabian já receberam. Mas Serge não é o único a festejar. Tom Meighan, o vocalista, também se assume como grande fã desde criança. Serge e Tom anunciaram ainda antes do momento que determinou o título que iriam dar um concerto no King Power Stadium. A festa entrará para a história do Leicester.
Os Kasabian não são a primeira banda a inspirarem os adeptos de um clube. Em 2014, após o Manchester City ter ganho o campeonato inglês, numa vitória sobre o West Ham, os adeptos cantaram “Wonderwall”, dos Oasis. Os irmãos Gallagher são fanáticos do clube e, embora zangados (como é seu costume), assistiram ao jogo no estádio. Quem também lá estava era o génio Johnny Marr, que acabou por invadir o relvado com Noel Gallagher. Noel levou para casa a faixa de capitão de Vincent Kompany. Em 2010, adeptos do Tottenham cantaram para um anúncio uma romântica canção dos australianos Savage Garden chamada “Truly, Madly, Deeply”. Com voz de pub – para depois serem respeitados em casa.


No campeonato do mundo de 1990, que decorreu na Itália, a selecção de Inglaterra teve direito a uma música dos New Order, “World In Motion”, que conta com um rap de John Barnes e a participação vocal de outros jogadores, além de uma perninha do comediante Keith Allen, coescritor da letra. Outra banda que compôs para a selecção inglesa foram os moços de Liverpool Lightning Seeds. O tema foi o épico “Three Lions” que conta com uns inesquecíveis versos: “We still believe, we still believe/ It's coming home, it's coming home”. A música foi composta em 1996 e constituiu a banda sonora britânica para o Europeu, que teve lugar justamente em Inglaterra.


Ainda dentro desta ligação entre o futebol e a música, não haverá muita gente a saber que Elton John, adepto do Watford FC e espectador dos jogos da equipa desde pequeno (acompanhando o pai e o tio), tornou-se presidente do clube em 1973. Na altura a equipa estava na quarta divisão e só em 1982 a equipa conseguiu jogar na primeira divisão. Presume-se que não tenha sido “Tiny Dancer” a música inspiradora dos fãs. Quem sabe “Rocket Man”. Quem sabe.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:13



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D