Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



As Chaves da Casa de Banho

por Nuno Costa Santos, em 22.02.14

Nestes dias de congresso do PSD, atormenta-me um tema mais urgente: por que é que as fechaduras das casas de banho das casas dos nossos amigos, conhecidos e familiares quase nunca têm chave ou estão escangalhadas até ao fim dos tempos? É que não é dos instantes mais encantadores ser visitado por alguém quando nos apresentamos num registo menos apresentável. 

Os gritos de “está gente!” são em geral tardios e não impedem que um tio desse amigo, um cunhado desse conhecido ou uma prima em quarto grau invadam com legitimidade os domésticos lavabos e nos apanhem em poses e práticas menos exemplares. São imagens que, mesmo com o mais robusto dos esforços, nunca se apagam da memória. Chocam mais do que uma intervenção do Marco António Costa.

Onde é que estão essas chaves? Estarão escondidas na caixa das jóias? O gato roubou-as? A criança meteu-as no bolso e atirou-as pelo janelão? Pouco interessa. É premente ir buscá-las. Restituir-lhes a grandiosa utilidade. Ajudem-nos a manter a dignidade, senhores. Façam alguma coisa pelos direitos do homem.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 10:21



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D