Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Amanhã

por Nuno Costa Santos, em 27.01.14

Hoje, ao telefone, soube de outro artista (um actor) com mais de sessenta anos que vive “com dificuldades” – um daqueles que marcaram um público, transportaram uma agenda cheia e se cansaram com o trabalho, como aquele rapaz que conhecia Turim como se fosse o seu bairro. A gente vai-se esquecendo deles. Não aparecem nas breves dos jornais digitais. Não motivam debates. Não têm likes.

Vivem nos seus apartamentos, envergonhados por uma pobreza que só dois ou três amigos conhecem. Sofreram enquanto adolescentes e jovens adultos, motivados por um percurso artístico que a família e “a sociedade” não desejava, e agora voltam a esse estatuto de sobreviventes, numa altura em que mereciam da vida uma respiração mais apaziguada. Alguns estarão, injustamente, a trincar a culpa por terem seguido o instinto em vez de se burocratizarem em cursos “com saída” – aqueles que os pais lhes destinaram desde o nascimento.

A economia deu razão à prudência extrema. As finanças carimbaram as ordens contrariadas dos progenitores. Ninguém lhes liga nenhuma. Vão sendo esquecidos, como são esquecidos na rua os gatos que miam demasiado alto. A vidinha cultural que nos cabe torna os companheiros de ofício demasiado ocupados em garantirem o seu território e o dos seus para se lembrarem deles e lhes estenderem a mão. Sim, hoje soube de mais um. Amanhã já o terei esquecido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 17:59


1 comentário

De Lassalete Cunha a 28.01.2014 às 11:07

A estes*, lamento eu a sua sorte! Seres que fizeram da arte a sua vida, que não hesitaram em seguir seu sonho; seres que também fizeram (tiveram) papeis importantes para tantos de nós, e que agora vêem como resultado do seu trabalho o esquecimento, o abandono!

*não seguramente a dos ex-jogadores de futebol.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D