Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Biografias

por Nuno Costa Santos, em 19.11.13

Este é um bom contributo para a discussão - que até veio do Brasil - das biografias autorizadas e não autorizadas e sobre o que é que um biógrafo pode ou não dizer sem a consulta dos familiares. Aqui não se trata de uma biografia mas de umainiciativa pública em relação à qual não estou sequer a par. Mas o problema de fundo que se coloca é o mesmo: pode haver a revelação de facetas de uma figura que já morreu sem a autorização de familiares? Para gente como Pedro Costa, Margarida Gil, Manoel de Oliveira, Maria Velho da Costa, Herberto Helder e Rui Chafes, não. "Na carta (escrita por estas personalidades), lê-se que a sessão de leitura de textos de César Monteiro, revelando uma faceta menos conhecida do realizador, é feita sem ter sido pedida autorização ao filho, 'que é quem detém os direitos autorais do poeta-cineasta'". Voltarei ao assunto porque me interessa - e porque tenho sido praticante do género biográfico e considero que nestas situações há um meio termo que se pode alcançar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:55



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D