Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Rock

por Nuno Costa Santos, em 12.02.15

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:45

Sétima Legião

por Nuno Costa Santos, em 12.02.15

Há uma semana estive no Povo, Cais do Sodré, onde pude pisar o palco dos que dizem poesia com um dos meus heróis de adolescência: o Pedro Oliveira, dos Sétima Legião. O Mar d’ Outubro começou por ser para mim uma promessa. Explico: tinha um amigo que me dizia todos os dias que me ia trazer para o liceu o Mar d’Outubro, disco que pertencia ao irmão mais velho e à sua discografia sem tamanho. O disco nunca chegou. O Mar d’Outubro é para mim a miragem.

 

Como dizia, conheci o homem de voz grave e frágil que entoava as palavras de Noutro Lugar. Era ele que cantava, nesse disco que nunca me chegou, Sete Mares, Saudades, Além-Tejo: "Soube o teu nome além Tejo/ talvez fosses quem perdi/ Passaste como um rio/e hoje não passo sem ti". O menino que subia aos miradouros para dizer versos simples sobre uma paisagem de orgãos, acordeons, gaitas de foles, guitarras, percussões.

 

Falei-lhe de um concerto que vi dos Sétima Legião em 90 ou 91 em Ponta Delgada, com a banda a trazer na mala, além dos dois primeiros álbuns, o disco De um Tempo Ausente. O Pedro fez uma pausa. Não a percebi. Disse-me depois que foi um concerto importante para os Sétima. Daqueles que ficam, pela festa, pelo aplauso, pelo coração. Voltei também atrás como um velho num lar. E vi as pessoas todas a levantar-se das cadeiras do antigo Teatro Micaelense e a dançarem de olhos fechados ao som de Por Quem Não Esqueci. E voltei a vestir um casaco de couro e a fechar os olhos também. E o meu rosto ficou indeciso e magro. Bebi a minha primeira cerveja. Voltei a ter paixões adolescentes.

 

Os Sétima Legião, que se juntaram em 2012 para celebrar 30 anos de vida musical, são uma carta de amor aos sentimentos, um convite a esquecermos a vigilância dos nossos destemperos mais puros. Uma declaração de amor ao país, um país mítico que antes de tudo vive nos seus elementos naturais, nas suas correntes de rio e de mar, nos seus ventos, nos seus campos, nas suas noites e auroras.

 

Na altura dos Sétima Legião não havia cinismo. O cinismo foi descoberto depois.

 

(publicado no site da revista Sábado)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:43

O Mundo é de Lupe

por Nuno Costa Santos, em 05.02.15

lupe-fiasco-album-cover.jpg

Janeiro começa a rappar no melhor dos estilos e com a melhor das produções e subtilezas. É o novo álbum de Lupe Fiasco, “Tetsuo & Youth”.

Esta obra maior inaugura-se com um instrumental feito de cordas  e do som de vozes de crianças a chapinhar ao fundo. Nome do tema? “Summer”. Uma prefácio amável (terá sequência em interlúdios espalhados) a contrastar com a segunda investida, temazaço que é um longo regresso verbal, acompanhado por uma voz feminina jazzy e um piano obsessivo, ao caótico crescimento de Lupe nas ruas de Chicago: “Assorted memories from my childhood/Absorbing energy from the wild woods”.

Mais aqui:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:41

A Invenção da Mentira

por Nuno Costa Santos, em 03.02.15

the-invention-of-lying.jpg

 Há qualquer coisa em “A Invenção da Mentira” (2009), filme co-escrito e co-interpretado por Ricky Gervais, que não funciona. A premissa, essa, é genial: e se houvesse algures um mundo dominado pela sinceridade onde só um homem soubesse o que é ludibriar os outros?

Já li prosa de quem apelida o filme de esquemático sob o ponto de vista dos ingredientes – aos quais não falta uma a sua historieta de amor de comédia romântica. Mas o que parece não funcionar é mesmo a realização. Aqui e ali, apesar dos momentos brilhantes do guião, com o tom de um daqueles filmes cómicos alugados nos videoclubes nos anos 80. Um cozinhado visual caricatural com pouco ritmo que nos distancia da acção e não convence.

O resto aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:18

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D